Querervos ou barbarie (I)

Maio 11th, 2007 | by cineclubedecompostela |

Joris Ivens (esq.) conversa con Santiago Álvarez

“Desde galiza independente, agência gráfica, solidarizamo-nos com o cineclube Compostela, autêntico referente na socializaçao do conhecimento e na democratizaçao do accesso às artes e à cultura.”

8 de maio de 2007

Sorry, comments for this entry are closed at this time.